domingo, 14 de dezembro de 2014

Resenha do livro - Eclipse

Imagem tirada da internet
Título: Eclipse
Autor (a): Stephenie Meyer
Número de páginas: 464
Editora: Intrínseca
Nota:

ATENÇÃO! PODE HAVER SPOILERS DOS LIVROS ANTERIORES!

Sinopse: No silêncio mortal, todos os detalhes de repente se encaixaram, numa explosão de intuição. Havia algo que Edward não queria que eu soubesse. Algo que Jacob não teria escondido de mim. Algo que pôs tanto os Cullen quanto os lobos no bosque, movendo-se juntos numa proximidade perigosa. Algo que eu, de algum modo, esperava. Que eu sabia que aconteceria de novo, tanto quanto desejava que jamais acontecesse. Nunca teria um fim?
Enquanto Seattle é assolada por uma sequência de assassinatos misteriosos e uma vampira maligna continua em sua busca por vingança, Bella está cercada de outros perigoso. 
Em meio a isso, ela é forçada a escolher entre seu amor por Edward e sua amizade com Jacob, uma opção que tem o potencia para reacender o conflito perene entre vampiros e lobisomens. Com a proximidade da formatura, Bella vive mais um dilema: vida ou morte. Mas o que representará cada uma dessas escolhas?

Minha opinião: Mais uma vez vemos o caso sério de Bella entrando em perigo e Edward indo ao seu resgate. Eclipse foi o meu livro preferido da saga. Sempre amei a ideia de uma mulher procurando vingança e tentando matar outra. E no caso de Eclipse, após a morte de James, Victória começa a transformar meio mundo de Seattle em vampiros e assim começa a formar seu pequeno exército pessoal. Porém, quando os vampiros são novos eles são incontroláveis e é isso o que chama a atenção dos Vulture. 
Mas voltando ao foco da questão... Edward matou James, que era o amor de Victória. Agora Victória quer se vingar de Edward matando seu amor, que no caso é Bella. Ou seja, Bella mesmo não querendo e não fazendo nada acaba se tornando NOVAMENTE o centro do problema. E mais uma vez vemos o "dom" de Stephenie. Ela consegue colocar todos os problemas do universo em uma só pessoa e ainda por cima vem incluso um imã para catástrofes. Literalmente falando. 
Agora que Victória está de volta, não somente Bella, mas toda a família Cullen fica em alerta, assim como os lobos, pois Seattle está sendo invadida por novos vampiros que colocam risco à ordem, então, os lobisomens começam a "recrutar" novos reforços, ou seja, garotos mais novos estão começando a ser recrutados para o grupo dos lobisomens. 
E pra ajudar ainda mais tudo isso, Bella começa a finalmente se rebelar contra as vontades de Edward, mesmo sabendo que está colocando sua vida em risco, ela discute com ele e diz que não abrirá mão de sua amizade com Jacob, apenas por causa de uma briguinha entre vampiros e lobisomens que vem de anos (basicamente isso). Então acontece minha cena favorita do livro, que é quando a Bella quer ir para a casa de Jacob e Edward sabota seu carro.
E depois de tudo isso, Edward e Jacob acabam tendo que trabalhar juntos se quiserem salvar a vida de Bella. O que eu achei hilário na minha humilde opinião. 


Considerações finais: Novamente me surpreendi com um livro de Stephenie Meyer. Ela novamente me cativou com sua escrita magnífica e seu jeito de descrever tudo no livro, isso nos faz ver a cena bem diante dos nossos olhos, apenas lendo suas palavras. Então minha nota para esse livro (numa escala de 0 a 5) é 5,0. 


Por: Amanda B. Grippa

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Nós conte a sua opinião sobre o assunto :)