segunda-feira, 19 de janeiro de 2015

Resenha do livro - Harry Potter e o Prisioneiro de Azkaban

Imagem tirada da internet
Título: Harry Potter e o Prisioneiro de Azkaban
Autor (a): J. K. Rowling
Número de páginas: 318
Editora: Rocco
Nota:

Sinopse: Harry Potter é um menino bastante fora do comum. Está ansioso pelo término das férias de verão, se empenha em realizar todos os deveres de casa, e, além de tudo ele é um bruxo.
Ao regressar para a Escola de Magia e Bruxaria de Hogwarts, a atmosfera é tensa. Sírius Black, por muitos considerado um servo temível de Lord Voldemort, esteve preso durante doze longos anos na temível fortaleza de Azkaban, condenado pela morte de treze pessoas com um único feitiço, e agora está foragido. Uma pista indica o lugar onde ele se dirigiu - os guardas de Azkaban o ouviram murmurar enquanto dormia: "Ele está em Hogwarts... ele está em Hogwarts."
Harry Potter não está seguro nem mesmo entre as paredes de sua escola de magia, rodeado de amigos. Porque, ainda por cima, pode haver um traidor no meio deles.

Capa edição limitada de colecionador 
Minha opinião: Terceiro livro dessa série que eu amo tanto!
Nesse livro Harry volta para a escola sabendo que algo terrível aconteceu. Um prisioneiro fugiu da fortaleza que é a prisão de bruxos chamada Azkaban. Ao que tudo indica esse prisioneiro quer algo que está relacionado à Harry e ele começa seu terceiro ano na escola dessa maneira.
Novamente não me canso de dizer e nem de observar isso, que J. K Rowling tem um jeito único de escrever, acho que nunca ninguém escreveu como essa mulher, quando minha mãe me dizia que temos que nascer com o dom pra fazer determinada coisa, J. K Rowling com absoluta certeza nasceu com o dom da escrita.
Os personagens são descritos com uma simplicidade e realismo que não tem nem como explicar, enquanto eu lia imaginei Sírius Black de uma forma e quando vi o personagem pensei que ela havia escrito já pensando que seria aquele determinado ator que faria o personagem, porque isso não é possível!
Isso sem contar a escrita em um modo geral, a descrição dos lugares, a descrição dos momentos, isso deixa a leitura mais fluída, mais marcante. Você lê com mais vontade e consegue realmente viajar na imaginação, o que na minha opinião é o objetivo dos livros, fazer você ir além do que você vê... imaginar... criar um mundo novo na sua cabeça e é exatamente isso que eu vejo a J. K Rowling fazendo em todos os seus livros, não somente com os de Harry Potter que abrange mais um público alvo infanto-juvenil. Mas também ao público adulto com seus outros contos e histórias!
Ela é simplesmente fantástica.


Considerações finais: Bom, comparando os livros com os filmes, acho que os três primeiros filmes são os mais fieis aos livros, a partir do quarto não sei bem o que houve, acho que os livros começaram a ficar muito grandes, muitos detalhes para passar para as telas, mas sem sombra de dúvidas, pelo menos pra mim, os três primeiros são os mais fieis.
Nem preciso comentar mais nada sobre J. K né gente, ela é simplesmente perfeita em sua escrita, e seu mundo mágico de Harry Potter não encantou apenas as gerações passadas. mas vai continuar encantando e é por isso que estou resenhando os livros dela. Pra mostrar pras próximas gerações o que é um livro de verdade, um livro com aventura, emoção, suspense e tantas outras qualidades, que nos faz pensar, que nos faz ver o valor das pequenas coisas, como os amigos e família, isso sim é o principal.
Minha nota pra esse livro não poderia ser outra, não somente porque eu AMO Harry Potter, mas também por tudo o que eu já disse nessa resenha. Minha nota é 5 (numa escala de 0 a 5).

Por: Amanda B. Grippa

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Nós conte a sua opinião sobre o assunto :)