quarta-feira, 10 de junho de 2015

Resenha do Livro: A Última Página

Título:
Autor (a): A & T Alves
Número de páginas: 178
Editora: Angel
Ano: 2015
Nota:

Sinopse: Melissa Mitchell, uma jovem de apenas 17 anos disposta a lutar pela sua independência, decide ir em busca de seu grande sonho: cursar uma boa faculdade e tornar-se uma escritora. Em meio a tantos altos e baixos ela larga o conforto de sua casa em Skagway Alaska, para morar num subúrbio em Los Angeles, em um pequeno apartamento com apenas três cômodos.
    Tudo aparentava ser difícil em sua vida, porém com a sua devida persistência, ela recebe uma boa proposta e com isso novos amores se acenderão, mas será ela capaz de controlar seus sentimentos? Será que finalmente encontrará o seu caminho ou achará apenas dúvidas e desilusões? Embarque com ela nessa linda história, garanto que você quererá ler até “A Última Página”.


Minha opinião: Faz tempo que não leio um livro com uma protagonista jovem que esta começando a batalhar pelo que quer. E aqui temos Melissa de dezessete anos que deixou sua família em busca do seu grande sonho de vida: terminar e publicar seu livro. Ela é sem duvidas uma personagem forte que procura fazer as melhores escolhas para sua vida.
 
Começamos a acompanhar sua historia no dia de sua entrevista de emprego na editora Logan’s Library, um dia desastroso onde ela conhece Zac e Logan.
Logo nos primeiros capítulos podemos ver que a historia gira em torno de um triangulo amoroso. Zac-Melissa-Logan.  É um livro que aborda os dilemas de Melissa em relação aos dois homens a sua volta e sua luta para publicação do seu livro.
Eu confesso ter levado mais tempo do que esperava para ler. Hoje estou com 20 anos, não muito longe da idade da protagonista, mas senti que aproveitaria muito mais a leitura se estivesse na faixa etária dos 15 aos 18.
Dois pontos que para mim foram negativos são: o fato de tudo ser tão fácil para Melissa. Ok tem muitas reviravoltas para o bem e o mal da personagem, mas em minha opinião tem coisas que caíram de mão beijada para ela. O outro ponto que citei é o de muitas vezes me perder em relação a idade dos personagens. Sei que livro é para nos tirar da realidade, mas teve coisas que sinceramente dava a entender a personagem era muito mais velha.
Chega de pontos negativos ne? Vamos aos positivos: é um livro curto 178 páginas é coisa para se ler em dois ou três dias (demorei mais do que isso) para quem esta afim de uma leitura tranquila. Não é uma historia pesada, como disse é ótimo para jovens que estão prestes a viver situações parecidas como o primeiro emprego, ou que estejam vivendo.  Sem contar o enredo que é gostoso de se acompanhar, com quem a protagonista ficará, como determinado personagem termina, perguntas que dão movimento a historia.
Engatei melhor a leitura nos últimos capítulos e espero um desfecho para minha curiosidade. Acho que este é o primeiro “trabalho” oficial das meninas e consigo ver um potencial muito forte que só pode ser lapidado com o tempo e pratica.

Por: Carol Cadiz

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Nós conte a sua opinião sobre o assunto :)