segunda-feira, 16 de novembro de 2015

Primeiras Impressões: Sense8

Que tal um pouco de série nesse blog?
Eu assisti a série Sense8, original do Netflix, por influência de uma amiga. por enquanto eu vi apenas o primeiro episódio e pensei que ia ser muito bacana fazer esse post de primeiras impressões e quando chegar ao final, minhas conclusões dessa primeira temporada.
Para inicio de conversa vamos ver a sinopse da série;
Sense8 conta a história de oito estranhos: Will Gorski, Riley Blue, Capheus "Van Damme", Sun Bak, Lito Rodriguez, Kala Dandekar, Wolfgang Bogdanow e Nomi Marks.
Cada um desses indivíduos é de uma cultura diferente espalhado pelo mundo. Em seu cotidiano, todos subitamente têm uma visão da violenta morte de uma mulher chamada Angélica e, a partir de então, eles, de repente, descobrem estar mental e emocionalmente ligados um ao outro, sendo capazes de se comunicar, sentir e apoderar-se do conhecimento, linguagem e habilidades alheias. A esse tipo de dom é dado o nome de Sensate. Enquanto tentam descobrir como e por que esta conexão aconteceu e o que isso significa, um misterioso homem chamado Jonas tenta ajudar os oito. Enquanto isso, outro estranho chamado Whispers tenta caçá-los, usando o mesmo poder "sensate" para ganhar acesso total a uma mente sensate (pensamentos/visão) depois de olhar em seus olhos. Cada episódio reflete os pontos de vista dos personagens que interagem uns com os outros enquanto aprofundam suas origens, suas diferenças e as experiências passadas que possam uni-los.
Essa primeiro episódio é bem confuso! Pelo fato de ser uma assunto novo, oito pessoas interligadas mentalmente e emocionalmente, é diferente e não é um episódio explicativo. Tem série que já começa explicando como funciona, essa. Eu achei muito doida e me motivou a continuar a assistir mais episódios para entender melhor essa ligação.


Tive a sorte de assistir com alguém que já terminou a temporada e me explicou o básico, sem spoiler nenhum. Isso facilitou muito a minha vida, pois como vai mostrar um pouco de cada um dos oito personagens é uma mistura de paisagens e sensações. Cada take já está em um outro lugar, com outra pessoa e outro acontecimento.
Para que ainda não assistiu aconselho e ver mais do que um episódio para tentar entender, garanto que vai se surpreender com os fatos.
Como eu disse no inicio eu só vi um único episódio antes de escrever esse texto, mas já sei mais ou menos como funciona.
Sem contar que não é cheia de cortes, a Netflix liberou o making-off onde falam que procuram fazer uma sequencia completa de cena na hora da troca dos personagens para ficar mais natural.


Por: Carol Cadiz








Nenhum comentário:

Postar um comentário

Nós conte a sua opinião sobre o assunto :)