quarta-feira, 16 de dezembro de 2015

Resenha do Livro: Redenção

Exibindo REDENÇÃO-AURELIO COLLINS.jpgExibindo REDENÇÃO-AURELIO COLLINS.jpgTítulo: Redenção
Autor (a): Aurelio Collins
Número de páginas: 164
Editora: independente
Ano: 2015
Nota
Sinopse: Clark Benson É Um Dos Magnatas Mais Conhecidos De Nova York, Por Trás De Seu Rostinho Educado,Existe Um Perfeito Canalha. Clark É Um Libertino Assumido! Que Já Teve Uma Boa Quantidade De Amantes, Sexy E Muito Charmoso Ele Pode Ter Qualquer Uma, Na Hora Que Bem Entender . Menos Sua Secretária, Emma Young, A Mulher Que Tanto Lhe Dá Dor De Cabeça, E Que Ele Tanto Deseja! Clark E Emma Tentam No Mínimo Ficarem Longe Um Do Outro, Mas O Destino Resolve Pregar Uma Peça Com Os Dois, E Logo O Que Eles Achavam Ser Ódio, Vira Desejo, E O Que Eles Pensavam Ser Desejo, Se Transforma Em Algo Muito Mais Intenso...
Uma História De Amor E Redenção!!! Cheia De Puro Romance E Erotismo.

Ceo e secretaria. Um enorme clichê nos dia de hoje.  Emma nutre um ódio há três anos pelo seu chefe, cretino de primeira linha, tirano e delicioso. Ela faz questão de não reparar nessa última parte para não ter seu ódio dissipado. Clark Benson não dá uma folga a Emma, sua secretaria incrivelmente gostosa, isso ele faz questão de notar.
Um beijo roubado e receber em troca um belo chute em seu bem mais precioso só o deixou mais obstinado a fazer Emma pagar essa dor em troca de prazer.
Esse livro é erótico, mas bem suave. Tem a linguagem de um livro erótico, não sensual, mas mesmo assim não deixa de ser leve. Tem poucas paginas e a escrita do autor de alguma for te impulsiona a querer chegar logo no final.
Gostei pelo fato de ser curto e fluido, em uma tarde terminei de ler e já estava com outra leitura nas mãos.
O que me decepcionou um pouco foi à falta da revira volta que muda todo o sentido da historia. Achei um belo romance, mas faltou aquele chan no meio para deixar o leitor intrigado com os acontecimentos.  Foi um romance corrido sem grandes problemas. Às vezes é bom continuar com o modelinho clássico.
Mas apesar de disso gostei da forma que o autor escreve e a fluidez. Eu indico para quem está lendo bastante fantasia, como é o meu caso, desnevoar a mente. Relaxar.
Não é o meu favorito, mas, para quem está começando esta no caminho certo, afinal não nascemos sabendo escrever super bem. E se ele mantiver a fluidez desse romance erótico vai conquistar muito leitores pelo Brasil.


Por: Carol Cadiz

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Nós conte a sua opinião sobre o assunto :)