quinta-feira, 10 de dezembro de 2015

Resenha do livro: Uma Canção de Amor

Uma Canção de AmorTítulo: Uma Canção de Amor
Autor (a): Graci Rocha
Número de páginas: 164
Editora: independente
Ano: 2015
Nota: 
Onde comprar: Amazon 
Sinopse: Que tal pichar o carro do seu ex-namorado? Fazê-lo tomar uma surra das meninas mais populares da escola? Atirá-lo de uma ponte?
Não? Sim?
Se você é do tipo que não leva desaforo pra casa e não abaixa a cabeça, você precisa conhecer a Nina, uma garota encrenqueira que não perde a oportunidade para dar um chute bem naquele lugar no ex-namorado.
No último ano da escola, Nina está decidida a andar na linha e dar um descanso para avó que já sofreu um infarto, acontece que este ano promete ser tudo, menos tranquilo e Nina vai descobrir que arrumar confusão com o ex pode ser perigoso.
Aos dezoito anos, sem grandes expectativas e com um futuro incerto Nina se vê numa intrincada trama quando se apaixona pelo estranho e solitário Daniel.
Portador da síndrome de Asperger (um tipo de autismo mais leve), Daniel é um jovem muito habilidoso com instrumentos musicais, mas quase inacessível aos estranhos. Calado, sincero e com dificuldade de se relacionar, vai descobrir que para amar a menina mais doida da escola vai ser preciso superar muitos de seus bloqueios.
Em uma história em que a mocinha é a garota mais encrenqueira e o vilão é o cara mais bonito da escola, vamos conhecer uma linda e emocionante história de amor.
E o que Nina e Daniel vão descobrir nessa aventura?
Um grande amor pela música e uma paixão avassaladora um pelo outro.
Embarque você também nessa linda e dramática história de amor.
                                                                              ♥
Nina é uma jovem encrenqueira que está no seu ultimo ano da escola e pretender fazer esse ano escolar ser o mais tranquilo, para poupar a saúde de sua estimada vó, sua única parenta viva. 
Seu primeiro dia já um desastre. Ela tenta evitar que seu ex namorado arrume encrenca com um novato de lindo olhos violetas. 
Ela acaba o levando o menino de olhos violetas para casa e estranha o seu jeito caladão. A mãe de Daniel a convida para o almoço e explica o porquê do filho ser na dele. Ele tem Asperge. E com essa informação ela continua levando a sua vida com um novo companheiro. 
Não imaginei isso quando peguei o livro para ler, e me surpreendi quando a síndrome apareceu na historia e ela não girar em torno disso. A autora colocou um menino com essa espécie de autismo leve, como ela mesma descreve, com uma boa menina que teve maus momentos. Sem detalhar a doença e nisso criar todo um drama a mais.  A autora tratou como uma informação que justifica o comportamento do garoto de 18 anos. 
A narração é toda em primeira pessoa no ponto de vista da Nina. A doença como eu disse não é foco, o que gira entorno disso são as duvidadas da Nina em relação às limitações do Daniel. 
E tem a música com cenário principal. Ele toca e perdeu a irmã que cantava lindamente em um acidente, ela (Nina) canta para se lembrar da mãe que sempre estava cantarolando algo. Eu sou apaixonada por musica e ver a delicadeza que a Graci usou para colocar a musica no livro como tema principal, como eu grande elo de ligação entre a Nina e o Daniel me deixou encantada. 
É uma linda historia de autoconhecimento da personagem, superação e emoção. Chorei lendo e me senti muito tocada com tudo que li nessas poucas paginas. 

Esse livro e bem curtinho e em uma tarde você consegue devorar ele todinho. E está perfeito, nem coisa de mais, nem de menos. A autora soube parar de escrever na hora certa. É direto e sem enrolação.

Por: Carol Cadiz


Um comentário:

  1. Oi, adorei a resenha. Obrigada e fico feliz que tenha gostado do livro.
    Beijos

    ResponderExcluir

Nós conte a sua opinião sobre o assunto :)