sexta-feira, 15 de abril de 2016

Primeiras Impressões: As Grande Aventuras de Daniela




Título: As Grande Aventuras de Daniela
Autor (a): L.L. Alves
Ano: 2016
Pré-venda: Arwen
Sinopse: Bom, o que eu tenho a dizer sobre esta história maluca que estou prestes a contar? É simples: vocês não vão acreditar. Sério mesmo. Vai parecer loucura, com minha boca suja, dois pés esquerdos, noites inusitadas e quilinhos a mais (muito mais, mas não vamos entrar em detalhes...). Mas vou fazer o quê? É a verdade. E eu vou contar para vocês porque... Sei lá. Na verdade, eu nem devia estar contando, alguns de vocês vão se chocar.
Ainda está aqui? Bom, o risco é todo seu. Prepare-se.
Ah, é verdade, esqueci de me apresentar (típico). Meu nome é Daniella Fagundes, vinte e oito anos, namoro com o Thiago há dois anos e posso dizer que tudo está mais que perfeito! (xi, exagerei agora, né?). Também adoro comer e sou diferente de qualquer outra mulher que já tenha contado sua história para vocês. Por quê? Porque sou uma daquelas mulheres conhecida como gordinha. Sabe como é? Eles não se referem a mim como a sagaz Daniella ou a superconfiante Daniella. Sou apenas a gordinha do grupo. Sempre tem que ter um, não é?
Bom, é isso aí, acho que deu para entender. Afinal, vocês estão prestes a conhecer as minhas aventuras de autoconhecimento e de... Comece a ler, ué. Não quer perder um segundo, quer?



Esse livro obviamente é um chik-lit, só de bater o olho na capa já temos a certeza desse fato. Li os primeiro capítulos dentro do projeto primeiras impressões que a autora montou para divulgação do livro, que por sinal está na pré-venda.

Confesso que quando li fiquei com uma enorme interrogação na cabeça de como a autora estava levando o livro, incialmente cheguei a achar tendencioso para questão toda gorda é isso ou aquilo.
 Mas passado alguns dias eu tive a percepção que a autora não escreveu de forma pejorativa. Até por que eu sou gorda e sou atrapalhada sim, nem tanto quanto a Dani, mas atrapalhada.

 É tão difícil ver livros que tragam uma protagonista fora dos padrões de beleza impostos pela sociedade, e é estranho quando você se depara com uma personagem que pode ter muito de você tanto fisicamente, quanto no quesito personalidade. Conseguir atingi um público que muitas vezes é excluído socialmente e acha que está perdido no mundo, não tem preço. Mostra que não é só uma pessoa que vive isso, que existem pessoa com os mesmo defeitos e charmes e sem falar das pessoas que admiram esses pontos que muitas vezes são considerados negativos.

Quem nos conta a história é a Dani, é o tipo de narrativa que conversa com o leitor a todo momento. O personagem conversa direto com o leitor e não só com a sua própria cabeça. Essa forma de escrita faz com que o sejamos acolhido pelo personagem e não ao contrário.

Não serei hipócrita de dizer que amei com todo o meu coração. Até por que li apenas um trecho de toda uma trama. Esse pedaço inicial do livro me deixou muito, muito, mas muito curiosa pelo conjunto da obra e para descobri tudo que se passa, passou com a doidinha da Dani.

Falando da personagem ela é meio pirada as vezes mais mostra que mesmo sendo atrapalhada e doidinha tem os seus princípios e a sua personalidade cativante.


Quero muito saber o que mais ela tem para me contar.

Por: Carol Cadiz



12 comentários:

  1. Olá, já conheço o livro é muito fofo gostei muito das suas primeiras impressões. parabéns pelo blog. ;)

    www.mundofantasticodoslivros.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  2. Esse livro deve ser uma fofura. A Luene é= uma linda, um amor de pessoa, e merece todo o sucesso! Em breve eu compro o meu hehe. Beijos.

    ResponderExcluir
  3. Oi. eu ainda não li o livro e pela capa realmente já se sabe o gênero. concordo com tudo que disse em seu texto, mas este trecho, confesso me deixou preocupada: "Confesso que quando li fiquei com uma enorme interrogação na cabeça de como a autora estava levando o livro, incialmente cheguei a achar tendencioso para questão toda gorda é isso ou aquilo.
    Mas passado alguns dias eu tive a percepção que a autora não escreveu de forma pejorativa. Até por que eu sou gorda e sou atrapalhada sim, nem tanto quanto a Dani, mas atrapalhada."

    ResponderExcluir
  4. Oi!
    Não conhecia o livro, mas realmente a capa já indica o gênero da obra. Achei interessante a autora abordar uma protagonista fora dos padrões, mas fiquei receosa de ela eventualmente cometer algum deslize com isso. Enfim, não se se leria o livro.

    ResponderExcluir
  5. Olá,
    Assim como você disse realmente é difícil encontrar protagonistas assim, mas tenho que dizer que quando comecei a ler um livro com uma personagem bem parecida com esta desde livro aqui eu meio que me cansei de ela ficar pensando no peso dela e culpando tudo por isso, sei lá parecia que ela não tinha vida fora pensar sobre seu peso, até acabei largando, mas este quem sabe seja diferente.

    http://euinsisto.com.br

    ResponderExcluir
  6. Olá Carol, eu já li e adorei mesmo não sendo o meu gênero de leitura, então tenho certeza que você vai adorar termina-lo e ver todas as reviravoltas que a Dani vai ter que enfrentar *-*

    Visite "Meu Mundo, Meu Estilo"

    ResponderExcluir
  7. Oi!
    Já li o começo desse livro e infelizmente não gostei muito.
    Mas fico feliz que a autora esteja tendo bastante sucesso com ele.

    Beijos
    http://ummundochamadolivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  8. Olá, tudo bem? Já tinha ouvido falar do livro, mas não é o tipo de leitura que estou acostumado a ler. E realmente, é difícil encontrar uma protagonista fora dos padrões da sociedade. O que é uma pena.
    Beijos

    Academia Literária DF

    ResponderExcluir
  9. Fiquei curiosa sobre a obra, mesmo tu dizendo que leu somente uma parte. ^^ Ah, bom saber que a obra conversa conosco, heheh. Divertido, nao? :)
    Abraços, Min - www.yasminbueno.com

    ResponderExcluir
  10. Oi, tudo bem?
    Adoro chick lit, mas o que mais me chama atenção nesse livro é que a protagonista sai daquele padrão que vemos na maioria dos livros!
    Bjs

    ResponderExcluir
  11. Oi, tudo bem?
    Eu nunca tinha lido nada sobre esse livro, mas fiquei curiosa, porque embora não seja "gordinha" sou atrapalhada, então meio que me identifiquei com a personagem kkkkk Enfim, parece ser um bom livro, por isso vou marcar a dica.

    Beijos :*

    ResponderExcluir
  12. Oi, Carol! Obrigada por ter participado do projeto e por dar a sua opinião. Com certeza não é essa a minha intenção (perpetuar o estereótipo do gordo), apenas acabei me colocando na personagem como sempre faço kkkk Ansiosa para saber a sua opinião sobre o livro todo :)

    Abraços!

    ResponderExcluir

Nós conte a sua opinião sobre o assunto :)