domingo, 17 de abril de 2016

Resenha do livro: Eu Nunca

Eu NuncaTítulo: Eu Nunca
Autor (a): Josy Stoque e Mila Wander
Número de páginas: 601
Ano: 2016
Nota: 
Links: Amazon | Skoob
Sinopse: "O que você faria se dividisse um prêmio de trezentos milhões de reais com um desconhecido?”
Pauline de Freitas Dias, uma mulher bem-resolvida que ama viver a liberdade plena, sabe exatamente o que fazer! Ela já tinha em mente o itinerário da viagem mais incrível de sua vida antes mesmo de apostar. Sua empolgação ao falar dos destinos mais inusitados da lista contagia o tímido Joseph Ayres, com quem literalmente esbarra na fila da lotérica. Ele é convencido a jogar pela tagarelice sem fim da doidinha, mesmo que relute devido aos seus princípios rígidos. O destino faz com que marquem os mesmos números e ganhem uma bolada inédita! Animada com a sorte dupla, Pauline convida Joseph para acompanhá-la em uma aventura pelos lugares mais exóticos do país. De cara, percebem o quanto são diferentes: ela é uma paulistana completamente liberal e ele é um mineirinho virgem que acabou de ser enxotado pela noiva. Disposta a fazer Joseph se permitir de verdade, Pauline estipula três regrinhas antes de iniciarem a viagem: 1) nada de usar o celular, 2) experimentar tudo o que puderem e 3) não se apaixonar. Ambos têm muito dinheiro para gastar e nada a perder, mas não podem prever que essa experiência única se tornará a mais louca de suas vidas, principalmente quando começam a quebrar as regras, uma por uma.


Resenha: Um menino extremamente tímido e uma doida espontânea se cruzam em uma lotérica da cidadezinha chamada Itaú de Minas e desse encontro inusitado um prêmio milionário, dividido em dois. Pauline tem o sonho de desbravar o Brasil e já tem o itinerário pronto, faltando apenas o dinheiro para o sonho se realizar. Já Joseph nuca se imaginou saindo da pacata Itaú, do aconchego de seus pais e do carinho de sua noiva, que ele acredita ser o seu grande amor.

Pauline tem uma força magnética que leva Joseph para junto de sua jornada e isso causa pouco a pouco mudanças importantes em cada um deles.

Esse livro é maravilhoso! É divertido, leve e viciante. Já cansei de falar o quanto ficamos vidradas pela forma em que a Mila escreve, sempre devoro seus livros, mas nunca tinha lido nada da Josy e ela não me decepcionou. Sim esse livro foi escrito pelas duas e a parceria não podia ser melhor. To louca para ler um livro só da Josy.

Essa brincadeira dos opostos que as autoras trazem é irreverente e foge do clichê de a mulher ser a frágil, a tímida (pelo que notei as duas autoras tem muito empenho de mostrar para o mundo personagens femininas fortes que dependem apenas de si mesmas) e o homem o louco e insaciável. Essa troca nos deixa extasiadas com a desenvoltura com que os traços marcantes da personalidade de ambos casam de forma real.

Todo mundo, ou quase, tem bastante Josephs por ai, já se imaginou viajando para conhecer o mundo e nesse livro o desejo que floresce em nossos corações é o de conhecer o nosso Brasil que não é pequeno e tem mil maravilhas. As autoras juntaram bastante lugares magníficos, mas sei quem existem muitos outros escondidos por ai.  A vontade de pular dentro do livro e embarcar nessa viagem louca e linda dos dois é gigante.

Eu enxerguei traços de mim nos dois protagonista e acho que essas características só torna os personagens mais reais e puros.

O ponto negativo que eu encontrei nesse livro foi ele ter acabado. Adoraria descobrir todos os cantinhos do Brasil pelos olhos dessa dupla irreverente.

Por: Carol Cadiz

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Nós conte a sua opinião sobre o assunto :)