RESENHA DO LIVRO: Erros... Nas Entrelinhas

13:52


Erros... Nas Entrelinhas
Título: Erros... Nas Entrelinhas
Autor (a): Brenda Ripardo
Número de páginas: 308
Ano: 2015
Nota: 
Sinopse: Samantha é capitã do time das líderes de torcida e namora Devin, o quarterback do time de futebol. Mas para ela, as coisas não haviam sido fáceis, já que era o tipo de garota invisível.
Logo no primeiro dia de aula ela conhece Benjamin, um garoto recém-chegado na cidade, cujo contato inspirador, desperta novamente nela o amor pela música, que há anos permanecia adormecido.
Benjamin é diferente, envolvente, e faz com que os sentimentos de Samantha em relação a ele cresçam, e embora ela tente lutar contra isso, o destino parece sempre querer uni-los.
O intenso envolvimento de ambos a deixa certa de que ele é o seu verdadeiro amor. Entretanto, nada parece estar a salvo, pois Samantha acaba cometendo erros e ferindo os sentimentos das pessoas que a cercam.
Ela terá como lição que os segredos nem sempre estão seguros e que tomar certas decisões, podem trazer sérias consequências.


Samanta conquistou seu posto de rainha da escola, sendo a capitã das lideres de torcida, e de quebra o coração mais cobiçado, o do Quarterback Devin.  Logo no primeiro dia de aula de mais um ano letivo, ela sente uma conexão com o recém chegado Benjamim. Isso fica na sua cabeça, perturbando as ideias.

Mas antes disso tudo tem um acontecimento do acampamento de férias que envolve um professor e traição que povoava sua mente. Essa parte do livro da a entender uma coisa e que pelo que entendi foi outra mais simples, senti que faltou uma explanação mais clara.

Esse livro tem início de um clichê, nem tão clichê assim, americano. Líder de torcida com jogador. O diferente é por ela já estar em posição de líder de torcida não estar retratado na estória como ela chegou lá. Sempre quis ler um livro desse perfil, que conta a história do lado que sempre é retratado como núcleo do mal.

 Reviravoltas. Acho que essa palavra define muito a estória toda. Não é previsível.  Quando você acha que está se encaminhando para um lado a autora vem e te joga para o outro de ponta cabeça. Eu particularmente amo estórias assim. Pois a cada momento é uma coisa nova e fica a expectativa do que vem a seguir. Além de trazer um dinamismo ao livro.

 Fui surpreendida o final. Nem parece que já está próximo do fim. Acabou e fiquei procurando  mais. Os capítulos são externamente curtos, acho que o maior tem quatro ou cinco páginas, ou menos, e esse detalhe faz com que a leitura flua muito bem. "Vou terminar esse capítulo, ah acabou, só mais um é rapidinho" nisso você já leu o livro todo.

Sobre a construção dos personagens eu achei muito interessante. A Samantha tem várias características que às vezes parecem opostas. Como autoconfiante por fora, sozinha por dentro, sentimentos conflitantes é  a expressão certa. É difícil trabalhar esse tipo de personalidade e o que a Brenda fez aqui foi excelente, ela consegue passar está sentindo.

Além da Sam a autora nos apresenta dois garotos incríveis e de personalidades opostas, que cada um completa um lado da nossa protagonista. Até certo ponto do livro eu acreditava ser #TeamBen agora eu já não faço ideia. Os dois foram construídos de uma forma apaixonante e torna impossível escolher apenas um.

A autora abordou diversos temas atuais e polêmicos na vida dos adolescentes, como drogas, álcool, primeira vez, traição, doença. Nesse tópico doença senti falta de uma maior explicação sobre o que o Ben tem. Não sei do que se trata e fui pesquisar no dr Google. Para quem quer saber o núcleo gira em torno de adolescentes de 16 e 17 anos.

O livro é todo embalado por uma mistura interessante de músicas. Entre novas e antigas.  Os personagens cantam e tocam em vários momentos, me lembra de muito glee, pois eles acabando tendo um "coral" e se expressão através de canções. Eu amo música e estórias que trabalha em cima dessa parceria.


No geral eu gostei muito do conjunto final da obra, mesmo me irritando com algumas atitudes idiotas da Sam. Ela foi egoísta em vários momentos, mas teve consciência disso e mudou sua atitude para melhor.

You Might Also Like

1 comentários

  1. AAAAAAAA, amei essa resenha <3 <3
    Fico muito feliz que gostou!!!
    Mil beijos!

    ResponderExcluir

Nós conte a sua opinião sobre o assunto :)

Popular Posts

Curta nossa Página no Facebook

Flickr Images